top of page

Adutoras de água da Deso contribuem para abastecimento integral à população

Tubulações conduzem o recurso e alimentam os reservatórios de distribuição

Empenhada em promover melhorias constantes ao abastecimento, a Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso) tem investido cada vez mais em adutoras de água em todo o estado. Essas estruturas são tubulações que conduzem a água, bruta ou tratada, de um ponto a outro para alimentar as diversas estações de captação, tratamento, elevatórias e de reservação da empresa.


De acordo com informações da Superintendência de Expansão da Deso, as adutoras são um dos elementos mais importantes ao abastecimento da população, pois, sem elas, a disponibilidade da água ficaria restrita às margens dos corpos hídricos, limitando a presença humana fora desses espaços. Além disso, por serem condutos forçados e estanques, as adutoras garantem que não ocorra o contato da água aduzida com o meio externo, mitigando eventuais contaminações.

Pela alta necessidade e grandeza dos tubos, é complexo estabelecer a quantidade de adutoras da Deso em Sergipe. Pela definição fornecida pela Superintendência de Sistemas Metropolitanos de Água, a adutora é um canal ou tubulação usado para a condução das águas de uma fonte para um reservatório. Dessa forma, são inúmeras adutoras, de diversos tamanhos e diâmetros. Algumas são mais conhecidas, como a adutora do São Francisco, Poxim, Alto Sertão e Sertaneja.


População


Para o motorista de aplicativo Hudson da Silva, que atualmente reside em Aracaju, mas toda a família mora em Poço Verde, a prestação de serviços da Deso faz toda a diferença na região. “A adutora da região atende a vários municípios, e é graças a essa preocupação do operacional da Deso que temos estabilidade hídrica e melhores condições de abastecimento no nosso dia a dia”, disse.

Adutora do Curralinho


Um novo Sistema de Abastecimento de Água será construído em Poço Redondo, com o intuito de melhorar o abastecimento na sede do município e povoados próximos, permitindo a desvinculação de Poço Redondo ao Sistema da Adutora do Alto Sertão, trazendo autonomia à cidade em relação à oferta de água. O objetivo é captar a água do Rio São Francisco, tratar e aduzi-la em um trajeto de cerca de 14 quilômetros.

No dia 4 de dezembro de 2023, a Deso e o Governo do Estado de Sergipe anunciaram mais R$ 28 milhões de investimento para a região e, desde então, o projeto tem avançado significativamente. A nova adutora está em fase de desenvolvimento do projeto, a ordem de serviço foi expedida no dia 15 de fevereiro deste ano e a expectativa é que o projeto fique pronto em novembro.

0 comentário

Comments


bottom of page