Carivaldo: “É uma pena o povo trabalhador ser tratado como marginal.”



Na manhã desta quinta-feira, 18, em entrevista à uma rádio na cidade de Itabaiana, o ex-prefeito do Município de Macambira, falou sobre o último episódio vivido pelos marchantes do município e região que comercializam carne no mercado municipal.


“É uma pena o povo trabalhador num momento difícil como este que vivemos ser tratado como marginal, um ato que até a polícia ficou sem ter o que fazer pois estavam ali cumprindo ordens.” Disse


Lembrando, que na última segunda-feira, 15, marchantes foram expulsos do mercado municipal, onde muito deles saíram com boa parte de suas mercadorias forçando a comercialização nas calçadas no entorno do mercado.



Segundo entrevista do secretário de comunicação do município, Professor Cuco, a ação foi necessária devido a atitude de marchantes no momento que a agente da vigilância sanitária chega ao mercado os mesmo no intuito de intimidar soltam piadinhas e começam a amolar suas facas.


“É um absurdo você agir com uma truculência deste tamanho e pior ainda quando para justificar você trata país de família como marginais.” Completou Carivaldo.


Macambira no Ar® feito para você

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco
  • Instagram - White Circle

© 2009 por Macambira no Ar CNPJ: 32.447.561/0001-20 - Todos os direitos reservados