top of page

Deso amplia rede de distribuição de água em Nossa Senhora do Socorro

Guajará, Vila Ney e Rosa de Maio serão os principais loteamentos beneficiados com as obras, que devem ser concluídas em janeiro de 2024

A Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso), com o objetivo de melhorar a segurança no fornecimento de água à população, está finalizando a obra de expansão de rede de distribuição de água do município de Nossa Senhora do Socorro, na região metropolitana de Aracaju. O serviço vai beneficiar, principalmente, três loteamentos da região: Guajará, Vila Ney e Rosa de Maio.


Com uma extensão de 35.573 metros, as obras das redes de abastecimento terão na conclusão do serviço, uma vazão de aproximadamente 860 m³/h de água para os loteamentos.


As obras contemplam uma extensão de redes de abastecimento de água de 35.573 metros, e, ao final do serviço, a Deso pretende produzir uma vazão de aproximadamente 860 m³/h de água para os loteamentos. O processo deve ser finalizado em janeiro de 2024.


População


De acordo com Anderson Cardoso da Silva, motorista de aplicativo, a concretização dessas obras trará facilidades para a população. “Sou morador do Guajará há décadas e a problemática com a falta de abastecimento sempre foi grande. Com as obras da Deso sendo efetivadas ganhamos mais esperança em dias com mais tranquilidade dentro de casa. Somos usuários, merecemos ter água nas torneiras e pelo visto, isso será uma realidade em Nossa Senhora do Socorro”, disse.

Por conta do crescimento desordenado dos loteamentos, o número de ligações clandestinas chegou a quase 80% na região, fazendo com que houvesse irregularidades na rede. Foi então, que a Deso fez a contratação de uma obra para a instalação de redes oficiais da empresa.


A empresa está construindo, ainda, um reservatório apoiado com capacidade de dois mil metros cúbicos, que auxiliará cerca de 16 mil habitantes da região. Segundo a Gerência de Obras Especiais (GOB), responsável pela execução da obra, os recursos disponibilizados chegam a aproximadamente R$ 5 milhões.

0 comentário

Comentários


bottom of page