Deso passa por cima de decisão judicial e permanece cobrando taxa de esgoto em Itabaiana

A taxa cobrada gira em torno de 80% do valor do consumo



No final do ano de 2021 a Companhia de Saneamento de Sergipe (DESO), começou a cobra uma taxa de esgoto para as casas que foram feitos o esgotamento sanitário. Para a surpresa dos consumidores a taxa cobrada pelo órgão foi de 80% do valor do consumo.


Exemplo: você pagava 50 reais no talão de água com o acréscimo da taxa o valor ia para entorno de 80 reais.


Diante dessas circunstâncias os 14 vereadores de Itabaiana, entraram na justiça com uma Ação Civil Pública para que a cobrança dessa taxa fosse suspensa até que a deso comprovasse através de planilhas os motivos desse valor abusivo.


No dia 13 de janeiro de 2022, o Juiz da 1ª vara Cível de Itabaiana, Herval Vieira, concedeu uma medida liminar para suspender a cobrança de taxa de esgoto praticada pela Deso, sob pena de multa no valor do triplo do mês cobrado em cada mês de referência.


Mesmo com a decisão judicial a Companhia de Saneamento de Sergipe (DESO), passa por cima do judiciário de Sergipe e continua cobrando a taxa abusiva.


A Deso além de desrespeitar a população com um péssimo serviço que é oferecido para a população Sergipana, também desrespeita o Judiciário de Sergipe

0 comentário