Em pautas que deveria ter maior atuação o SINTESE finge demência ?


Foto: Palácio do SINTESE em Aracaju

Há muito tempo que o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica do Estado de Sergipe (Sintese) deixou de ser um sindicato que luta pelos professores para atender interesses políticos partidários, pensando mais no que melhor atende aos seus membros maiores.


Perdendo cada vez mais força, o fato é que o Sintese hoje atua mesmo como "morde assopra", tentando fazer barulho em assuntos pouco relevantes, e nas pautas que deveria ter uma maior atuação do sindicato, a instituição finge demência?


Outra polêmica em que o Sintese está inserido é o não retorno dos professores da rede pública de ensino para a sala de aula como já está ocorrendo na rede privada. O fato é que os professores públicos não aparentam estar preocupados com a educação pública, indicam, pelo contrário, que almejam ficar no que seja mais cômodo para eles, prova disso é que muitos deles já trabalham na rede particular e não mostraram nenhuma resistência ao retorno das atividades nas escolas particulares.


Outro fato curioso é o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) que avalia a qualidade da Educação Básica. O fato é que em Sergipe na última avaliação muitas cidades apresentaram resultado insatisfatórios e a pergunta é: cadê o sindicato atuando para promover uma educação de qualidade?


O Sintese indica que somente apenas aparece para militar por causas de seu interesse.

0 comentário