Fecomércio participa da criação de núcleo regional Nordeste de pesquisas



Em uma ação conjunta entre os estados de Sergipe, Bahia, Alagoas e Pernambuco, foram discutidas na manhã de quarta-feira (09), com os representantes das Federações do Comércio dos estados, a criação do Núcleo de Estudos e Pesquisas do Nordeste. O objetivo é alinhar a criação de informações, estudos e pesquisas para fomentar o desenvolvimento econômico regional como um todo, com as entidades atuando em parceria.


Na reunião virtual foram definidas estratégias de como desenvolver o trabalho, através da troca de experiências entre os Institutos Fecomércio dos estados, com os produtos e serviços desenvolvidos individualmente, focando na promoção conjunta, formação contínua de conhecimento integrado, e estímulo ao fortalecimento empresarial dos envolvidos. As ações têm o intuito de desenvolver estudos e pesquisas para o fortalecimento dos dados econômicos quem venha a fornecer informações estratégicas e fidedignas para as empresas do Comércio de Bens, Serviços e Turismo, para o Setor Público e sociedade em geral, contribuindo para o desenvolvimento da região.


Através de ferramentas tecnológicas (BI), serão fornecidos estudos técnicos desenvolvidos pelo núcleo, bem como o observatório econômico da região, com dados estratégicos e extremamente relevantes. A proposta de criação do Núcleo regionalizado surgiu devido as dificuldades das empresas e da sociedade em geral de encontrar dados técnicos e estudos econômicos quem possam auxiliar em decisões importantes. Os trabalhos serão desenvolvidos pelos especialistas em economia, comunicação e coordenadores dos Institutos Fecomércio dos estados.



Os trabalhos a serem desenvolvidos serão estudos econômicos, ações de desenvolvimento regional, a criação do observatório regional do Nordeste, promoção de congressos, workshops e ações de compartilhamento de conhecimento para potencializar as ações dos estados. O superintendente da Fecomércio, Maurício Gonçalves, comentou sobre a criação do Núcleo Nordeste.


“Temos ações em conjunto com os estados da Bahia, Alagoas e Pernambuco em vários campos te atuação, mas essa inovação do núcleo do Nordeste é algo muito importante e que envolve todos os agentes das federações do comércio dos estados. Será um meio importante de auxiliar os empresários a conhecerem melhor o seu mercado, seu estado e todos os estados do nordeste, para a realização de investimentos nas empresas. Com uma ação de sinergia como essa, todos saem ganhando. Pois o desenvolvimento conjunto da região faz com que todos cresçamos e conquistemos mais mercado consumidor para as empresas”, disse.


Participaram da reunião o superintendente do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac, Maurício Gonçalves, o coordenador do Instituto Fecomércio de Sergipe, Lucas Lima, e o assessor executivo e cientista econômico da Fecomércio, Marcio Rocha, além de representantes dos estados da Bahia, Alagoas e Pernambuco.


0 comentário