Fundação Renascer tira nota 0 em transparência e 10 em constantes problemas administrativos



No final de todo ano o Tribunal de Contas do Estado (TCE), avalia o Índice de Transparência dos Órgãos da Administração Direta e Indireta estaduais, dos Órgãos da Administração Indireta da Prefeitura de Aracaju e dos Órgãos Previdenciários.


O que já era esperado por muitos que acompanham a atual administração da Fundação Renascer e as constantes polêmicas administrativa que o órgão vem sendo envolvido era sim uma nota baixa, mas nem tanto.


TRANSPARÊNCIA, NEM TANTO:


O Tribunal de Contas divulgou o resultado da avaliação e de acordo com as informações divulgadas nos portais. As Fundações RENASCER e FUNDAT estão abaixo da crítica e tiraram 0. A lista completa está no site do TCE.


Uma fundação que a muito pouco tempo se falava de uma auditoria, várias denúncias de funcionários e ex-funcionários já foram divulgadas por diversos portais do estado, mesmo assim nada foi suficiente para pelo menos chamar a atenção do Governador até o momento. Ou será que enquanto o governador for Belivaldo Chagas e o presidente da Fundação for Sr. Wellington Mangueira vale tudo ? Até tirar nota 0 em transparência num governo que se julga e se intitula o paladino da transparência ?


Fato bastante curioso, o que estaria prendendo o governo do estado ? Pois é fato que em qualquer governo no mínimo sério, já teria se chamado o feito a ordem, ao invés de querer tapar o sol com a peneira.


Mas vai do governador, se ele irá querer finalizar seu governo com essa mancha ou após essa avaliação do TCE o Galeguinho irá continuar fingindo que nada é com ele.

0 comentário