top of page

São João e aniversário da TV Alese: junho do jeito que a gente gosta!

Informe publicitário


Duas décadas de Cidadania e Informação. Para além de um slogan, essas duas palavras compõem os pilares sob os quais se sustentam o dia a dia da TV da Assembleia Legislativa do Estado de Sergipe. Idealizada para dar transparência e aproximar o Poder Legislativo da população, a emissora tem como principal compromisso transmitir as sessões plenárias e especiais, as audiências públicas, reuniões das comissões e dar conhecimento das leis aprovadas na Casa, permitindo que cidadãos e eleitores possam acompanhar a trajetória das e dos parlamentares nos quais votaram.


A cada legislatura de quatro anos, que é o tempo de cada mandato, a população sergipana pode acompanhar através das transmissões ao vivo da TV Alese, as propostas legislativas que passam pela casa, sejam elas fruto dos parlamentares, de iniciativa popular ou do Poder Executivo. E diariamente acompanham também os temas levados à tribuna, local no plenário onde os parlamentares discursam. Para quem já nasceu vendo tudo isso, pode parecer algo simples hoje poder acompanhar as atividades legislativas, mas nem sempre foi assim.


A TV legislativa sergipana está entre as primeiras a entrar em operação no país, iniciando sua transmissão em 22 de junho de 2004, no mesmo ano, por exemplo, que a TV do Rio de Janeiro. A primeira foi a TV da Assembleia de Minas Gerais, que entrou no ar em 1995, após a publicação da Lei no 8.977, de 6 de janeiro do mesmo ano, conhecida como Lei do Cabo. Hoje as TVs legislativas estaduais e as municipais, como a da Câmara de Aracaju, fazem parte de uma rede legislativa, que inclue as rádios, responsáveis por transmitir para mais de 120 milhões de pessoas de forma gratuita as atividades parlamentares.


Como parte dessa rede e pautada pela premissa de que é necessário que a população conheça seus direitos para poder usufruí-los, a TV Alese cumpre seu papel de trazer para a vida da população a política local ao vivo, sem cortes, e agrega a isso uma cobertura jornalística diária e a produção de conteúdo próprio com seus programas e projetos em busca da valorização da identidade sergipana. Muitos nomes, muitas ideias e debates do estado já passaram pelas lentes dos cinegrafistas e pelos textos dos repórteres da emissora ao longo dessas duas décadas. Um trabalho feito com o compromisso necessário à prestação de um serviço de comunicação pública, fruto de orçamento público.

Nessas duas décadas de existência, a solidez dos pilares “cidadania” e “informação” pautam o dia a dia da redação da TV e são traduzidos numa programação que abarca educação, saúde, culinária, arte, turismo, agricultura, e muito mais. Atualmente, um dos grandes desafios dos canais legislativos é aumentar o seu alcance geográfico do sinal, contribuindo para o combate ao deserto de notícias e à desinformação, demandas atuais no campo da comunicação no país.


Logo após de sua criação em 2004 em canal fechado, a TV legislativa sergipana passou a ser um canal aberto, depois digital. Em 2021, contou com um investimento em equipamentos próprios. Para o futuro, nesse momento em que se discutem as bases da TV 3.0 no Brasil, a TV Alese quer se aproximar cada vez mais da vida da população. Afinal, não é uma simples coincidência que o aniversário seja tão pertinho do dia 24 de junho. E o que a gente quer mesmo é cada vez mais ganhar o coração de sergipanas e sergipanos que nem o São João. Junho é tudo de bom!


Para acompanhar a TV Alese, você pode entrar no canal 5.2 da sua televisão ou assistir pelo celular e computador no site al.se.leg.br. A transmissão ao vivo está disponível no youtube.com/tvalese. Também siga as nossas redes sociais, no instagram e facebook: @tvalese5.2. Pelo X (antigo twitter): @tvalese.



0 comentário

Comments


bottom of page