Setor de Serviços puxa emprego pra cima em fevereiro



O resultado do comportamento do mercado de trabalho no mês de fevereiro foi apresentado nesta terça-feira (29), pelo Ministério da Economia. De acordo com as informações do CAGED, o estado de Sergipe apresentou crescimento de +1.819 postos de trabalho. O número reverte os resultados dos dois últimos meses, que haviam apontado redução no estoque de trabalhadores do estado.


O setor de Serviços foi o principal gerador de postos de trabalho no mês, com +1.750 novas contratações. Construção Civil e Indústria puxaram o saldo para cima. Já a Agricultura e o Comércio apontaram nova queda, com -392 e -97, respectivamente. Segundo a assessoria executiva do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac, o comportamento de fevereiro está adequado para a realidade da economia, com retomada dos postos de trabalho, mantendo o ritmo de avanço, principalmente no setor de serviços. O presidente do Sistema, Laércio Oliveira, comentou os resultados, destacando que o setor de Serviços segue um ritmo de forte recuperação.


“As atividades econômicas viveram um bom ano em 2021, com elevação nos postos de trabalho. Fechamos o ano com quase 14 mil novos empregos no estado e isso ainda está se mantendo, já que janeiro é um mês natural de queda, em virtude do fim dos contratos temporários de final de ano, mas novos postos começam a surgir em fevereiro, levando o saldo anual para cerca de 600 novos empregos com carteira assinada. O setor de Serviços foi o que mais sofreu com a pandemia e com as dificuldades para retomada das ações, mas é o que mais emprega em Sergipe e volta a tomar a ponta da geração de emprego no estado.


As atividades econômicas que mais têm concentrado a recuperação dos empregos dos trabalhadores sergipanos são o Comércio e os Serviços, desde 2020”, comentou Laércio.


A variação relativa do mercado de trabalho em Sergipe, com a elevação dos empregos em fevereiro, atingiu +0,64%, perfazendo na atualidade 284.225 trabalhadores no estado ocupando vagas celetistas, de acordo com as informações do Ministério da Economia. Os municípios que mais geraram empregos foram Aracaju, Simão Dias e Nossa Senhora do Socorro.


0 comentário