STJ nega recurso e Valmir de Francisquinho terá que pagar dívida de mais de R$ 350 mil

A divida é referente a alguns serviços prestados pela empresa de Marketing, Clip Propaganda.

Imagem: Google

O ex-prefeito de Itabaiana, o Valmir dos Santos Costa, popularmente conhecido por Valmir de Francisquinho, perdeu mais uma batalha judicial e terá que pagar R$ 359.428,29 (trezentos e cinquenta e nove mil, quatrocentos e vinte e oito reais e vinte e nove centavos) para a Clip Propaganda e Marketing, empresa que prestou serviços de marketing eleitoral para a sua campanha para prefeito de Itabaiana no ano de 2013. A decisão final publicada no dia 26 de janeiro deste ano não cabe recurso.


O resultado da ação inicial favorável a Clip Propaganda e Marketing partiu da 2º Vara Cível da Comarca de Itabaiana. O jurídico do político levou o processo para o Supremo Tribunal de Justiça (STJ), que negou o recurso, considerando a decisão da vara anterior.


Com a decisão, o valor a ser liquidado corresponde a soma dos três grupos de serviços prestados no marketing eleitoral da campanha eleitoral para prefeito da seguinte forma: Consultoria, diagnóstico, etc = R$ 120 mil; Idealização e Confecção de Materiais = R$ 224.305,29; Serviços de Terceiros = R$ 15.180,00, totalizando mais de R$ 350 mil.

NOVA AÇÃO CONTRA VALMIR
.pdf
Download PDF • 1.06MB

1 comentário

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco
  • Instagram - White Circle

© 2009 por Macambira no Ar CNPJ: 32.447.561/0001-20 - Todos os direitos reservados