Carla Zambelli antecipou informação sobre operações contra governadores


A Operação Placebo, deflagrada hoje na residência oficial e endereços ligados ao governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC) foi surpresa para muitos, mas para a deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP) pode não ter sido.


Durante entrevista à “Rádio Gaúcha”, a parlamentar antecipou a informação que “após a saída do ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, do governo teríamos nos próximos meses operações para apurar a conduta de ‘alguns’ governadores em investigações sobre suspeitas de irregularidades na área da Saúde”, disse matéria do O Globo.


“Justamente na semana em que o ex-juiz Sergio Moro saiu do Ministério da Justiça e a gente colocou – a gente que eu digo governo -, o presidente Jair Bolsonaro colocou um delegado da Polícia Federal… a gente já teve algumas operações da Polícia Federal que estavam na agulha para sair, mas não saiam.


A gente deve ter nos próximos meses o que a gente vai chamar, talvez, de “Covidão” ou de… não sei qual vai ser o nome que eles vão dar… mas já tem alguns governadores sendo investigados pela Polícia Federal”, afirmou a deputada.

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco
  • Instagram - White Circle

© 2009 por Macambira no Ar CNPJ: 32.447.561/0001-20 - Todos os direitos reservados