top of page

Receita Federal apreende “super maconha” enviada pelos Correios em Aracaju


[…] as remessas camufladas partiram de São Paulo e tinham receptadores aguardando em Aracaju, Macambira e Carira.

Foto: Receita Federal

Os auditores-fiscais que atuam na área aduaneira barraram a remessa postal de 75,9 gramas da droga, identificada por Skank, avaliada em R$ 5,7 mil. Também houve apreensão de maconha comum, haxixe e cigarros eletrônicos.


As encomendas suspeitas foram encaminhadas inicialmente por agentes dos Correios à fiscalização aduaneira, que realizou os procedimentos para identificação e apreensão dos entorpecentes.


José Gonçalves Neto, chefe da Seção de Controle Aduaneiro da Delegacia da Receita Federal em Aracaju, informou que as remessas camufladas partiram de São Paulo e tinham receptadores aguardando em Aracaju, Macambira e Carira.


O auditor-fiscal José Gonçalves esclareceu que os envolvidos no tráfico das drogas ilícitas responderão a inquérito policial. A solicitação da Delegacia da Receita Federal para que a Polícia Federal deflagre as investigações já foi encaminhada.

0 comentário

Comments


bottom of page