Deputado acusa prefeito de estornar IPTUs e ficar com o dinheiro


“O cidadão pagava R$ 10 mil, ele ficava com R$ 9 mil e devolvia R$ 1 mil”, denuncia



Na manhã desta terça-feira, dia 09, o presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe, o deputado estadual Luciano Bispo (MDB), afirmou que o prefeito de Itabaiana, Valmir de Francisquinho (PR), ao ser solto, não parou de fazer o que ele, Luciano Bispo, define como loucuras sem limites. “Depois que ele foi preso, acharam uma máquina de notificação na prefeitura. Ele estornava os IPTUs e fazia outros IPTUs. O cidadão que pagava R$ 10 mil, à tarde, ele estornava o valor, ficava com R$ 9 mil e devolvia R$ 1 mil. Ele é um cidadão que fez e faz coisas com o município que não devem ser feitas”, disse Luciano Bispo.


Falando sobre o mandado de deputado estadual e o papel de ser presidente da Casa, Luciano destacou que o que engrandece o Poder Legislativo são as boas relações entre os parlamentares, sejam de oposição ou situação.


“Eu sempre preservei o lado da honestidade. Eu procuro ser colega de todos os deputados. Tenho convívio muito bom. Temos uma Casa muito boa de 24 deputados que trabalham por Sergipe. Ninguém ganha eleição brincando. Cada um tem seu perfil. Temos que conhecer o perfil de cada um e respeitar para que haja uma boa convivência. O parlamento tem que ajudar na governabilidade. A gestão do governo Jackson Barreto foram anos difíceis para Sergipe e os poderes foram bons com ele assim como têm sido com Belivaldo Chagas. De 2015 pra cá a governabilidade ficaria muito mais difícil se a Assembleia só colocasse posições contrárias”, disse.


Luciano comentou ainda a situação previdenciária no Brasil e em Sergipe, devido à expectativa que gira em torno de decisão do Congresso Nacional, se os estados e municípios entrarão na Reforma que deverá ser votada nos próximos dias. Segundo ele, já houve uma conversa entre ele e o governador Belivaldo Chagas (PSD) no sentido de preparar uma Reforma em nível estadual, caso Brasília não englobe os estados e municípios na previdência. “Se não acontecer já estaremos preparados aqui. O Estado não tem que ter medo de fazer reforma porque são carentes delas”, afirmou.


Eleições 2020


Luciano Bispo assegurou que não será candidato a prefeito do município de Itabaiana em 2020, mas que o grupo apresentará um nome dentre três que estão em processo de diálogo. “Temos o nome de Conceição de Oliveira, temos o Ricardo Barbosa e o Edson Passos. A gente tem que conversar com essas três pessoas porque as famílias não querem, mas temos que ter um nome novo para lançar em Itabaiana”, defendeu.


Por: Luiz Sérgio Teles / Com informações da FM Jornal


Macambira no Ar® feito para você

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco
  • Instagram - White Circle

© 2009 por Macambira no Ar CNPJ: 32.447.561/0001-20 - Todos os direitos reservados