MACAMBIRA: Do protagonismo ao anonimato.

"O voto desses dois nem influi nem contribui com nada na câmara."

FOTO: INTERNET

Falar que a vida é uma roda gigante à essa altura da vida já é mais do que clichê, mas neste momento não vejo pronuncia melhor para definir a "importância" do vereador Luis Carlos (Doidão) e do atual vice-prefeito Gordo de Inês com sua representante direta na Câmara, Silvanira Batista (Já que se tratam de marido e mulher).


Na ultima sexta-feira, 28, conversando com alguns vereadores ficou nítido que após a votação do projeto apresentado pelo presidente, Edinaldo de Jesus (Tatá), houve alguns ajustes de estratégia (se podemos assim definir) para que nem o Vereador Doidão nem a vereadora Silvanira a mando se seu esposo o vice-prefeito Gordo protagonizassem mais nenhuma votação na Câmara.


"Esses dois vereadores depois de terem ajudado a reprovar o projeto apresentado pelo presidente (Tatá) se tornaram na câmara um "ZERO a esquerda" o voto deles não valeram mais para nada, nem influi nem contribui - eles nem aprovam mais nada na câmara nem rejeitam, somos em NOVE vereadores onde a maioria se faz com Cinco e hoje temos Seis, então esses dois estão isolados até o fim do respectivo mandato deles." Comentou um dos vereadores

Em seguida outro vereador disse que a matemática é exata: "Se precisamos de Cinco votos para aprovar ou reprovar qualquer matéria e hoje temos Seis, os demais naturalmente ficam sem "utilidade."


Atualmente o poder legislativo se encontra de recesso, mas o segundo semestre promete grandes emoções.


Por: Cleiton Bianucci - DRT: 2455/SE


Macambira no Ar feito para você

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco
  • Instagram - White Circle

© 2009 por Macambira no Ar CNPJ: 32.447.561/0001-20 - Todos os direitos reservados