RESUMO DA SEMANA: A espera de um milagre, quanto pior melhor e convite indesejado.



MACAMBIRA: À espera de um milagre


Segundo informações o vice prefeito Gordo de Inês estaria esperando um verdadeiro milagre para poder emplacar sua pré-candidatura à prefeito de Macambira.


Uma união com o atual presidente da câmara de vereador, Edinaldo de Jesus (Tatá) seria a cereja do bolo, já que atualmente o grupo do atual vice conta somente com dois vereadores sendo um deles sua esposa e o outro o vereador Doidão, que não repassa grandes expectativas devido sua falta de credibilidade no cenário político de Macambira. (Lembrando que Doidão em menos de 3 anos de vereador já passou por todos os grupos políticos existente na pequena cidade)


Só um verdadeiro milagre colocaria hoje o vereador Tatá no mesmo palanque do vice prefeito Gordo de Inês, no caminho deste planejamento existe um eleitorado que não perdoaria o vereador presidente da câmara e um ex-presidente (Pedrinho) a pessoa mais próxima de Tatá que com certeza não mediria esforços para melar essa possível união.


SÃO DOMINGOS: Quanto pior melhor


Nos últimos dias a “oposição” na cidade de São Domingos representada pelo suplente do suplente, Luzinho do Cartório, mostrou que não mediram esforços para fazer da administração o quanto pior melhor, mesmo que isso prejudique a maioria dos moradores da cidade.


O episódio da arbitrariedade promovido pela Energisa mostrou até aonde o suplente do suplente estaria disponível à ir: O que Luizinho estava fazendo atrás do carro da Energisa ?


Vale apena prejudicar toda uma cidade em busca de um objetivo pessoal ? Com a resposta o suplente do suplente.


MACAMBIRA: Convite indesejado


Na última quarta-feira, 21, o vereador Ita Anderson protocolo um requerimento solicitando a presença da secretaria de saúde, Simone Cruz, para alguns esclarecimentos referente à saída da servidora pública, Gilvanete, da clínica de saúde Dona Caçula.


Tudo começou após um “desequilíbrio” de uma das funcionárias da clínica onde o caso foi tão sério que foi parar na delegacia, por conta de algumas ameaças incluindo de morte.


Neste caso a vítima foi obrigada a pedir desligamento da prefeitura já que nada aconteceu com a autora do caso.


Vamos aguardar o que a câmara de Vereadores irá decidir, já que o requerimento precisa ser aprovado por no mínimo 6 votos: Será que vai ter vereador votando contra esse requerimento ? Vamos aguardar !


Cleiton Bianucci - Jornalista DRT 2455/SE


Macambira no Ar® feito para você

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco
  • Instagram - White Circle

© 2009 por Macambira no Ar CNPJ: 32.447.561/0001-20 - Todos os direitos reservados